Umbra-Projekt

umbratic aesthetics

Cruz e Sousa - O Poeta do Desterro (1998)

Certa noite soturna, solitária, Vi uns olhos estranhos que surgiam Do fundo horror da terra funerária Onde as visões sonâmbulas dormiam... Nunca da terra nes...

Add a Comment

You need to be a member of Umbra-Projekt to add comments!

Join Umbra-Projekt

Comment by Umbra on November 24, 2016 at 17:06

Cruz e Sousa - O Poeta do Desterro

por Almeida (no Blog do Nassif)

Filme de Sylvio Back lançado em 1998, por ocasião do centenário da morte de Cruz e Souza, que nasceu nesta data, 24 de Novembro, no ano de 1861, em Nossa Senhora do Desterro, antigo nome da capital de Santa Catarina. A direção de arte coube a Rodrigo de Haro e a musical a Sílvia Beraldo. No elenco, Kadu Karneiro vive Cruz e Souza e Maria Ceiça faz Gavita. A obra é um poema visual. Há uma apresentação sucinta, por letreiros, logo após as cenas iniciais do filme, da biografia do mais expressivo autor simbolista de nossa literatura, que nasceu numa família de escravos alforriados. No restante, o roteiro transcorre pela dramatização de poemas e cartas, em estrofes que compõem uma narrativa intensamente sensível da vida do Poeta do Desterro.

© 2021   Created by Umbra.   Powered by

Report an Issue  |  Terms of Service